Tribologia brasileira no cenário mundial – parte 1

12/08/2009
Fundar uma divisão técnica de tribologia na Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais (ABM) e realizar um grande congresso internacional de tribologia em dezembro de 2010 foram as principais decisões dos pesquisadores de tribologia no 64o Congresso Anual da ABM realizado em Belo Horizonte de 12 a 17 de julho passado em encontro organizado pelo Professor José Daniel Biasoli de Mello.
O Professor de Mello, indicado para ocupar a direção da Divisão Técnica de Tribologia da ABM, trouxe o comprometimento de alguns dos mais renomados tribologistas do mundo com a realização do congresso de 2010, entre eles Ian Hutchings, autor de conhecido livro texto na área. Este comprometimento advém, segundo de Mello, da participação cada vez maior de pesquisadores nacionais em fóruns de tribologia como o congresso bianual Wear of Materials com contribuições técnica de qualidade.
A realização do congresso associada á publicação de um número especial da revista WEAR com os melhores trabalhos do congresso deve atrair grande número de pesquisadores do Brasil e da América Latina impulsionando o desenvolvimento e a organização da tribologia por aqui.
A participação do nosso Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies, o I.N.E.S, no congresso de 2010 deverá ser expressiva uma vez que parte significativa dos revestimentos desenvolvidos por nossos pesquisadores destina-se a reduzir o coeficiente de atrito ou fornecer proteção contra desgaste prematuro de componentes.

Fundar uma divisão técnica de tribologia na Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais (ABM) e realizar um grande congresso internacional de tribologia em dezembro de 2010 foram as principais decisões dos pesquisadores de tribologia no 64o Congresso Anual da ABM realizado em Belo Horizonte de 12 a 17 de julho passado em encontro organizado pelo Professor José Daniel Biasoli de Mello.

O Professor de Mello, indicado para ocupar a direção da Divisão Técnica de Tribologia da ABM, trouxe o comprometimento de alguns dos mais renomados tribologistas do mundo com a realização do congresso de 2010, entre eles Ian Hutchings, autor de conhecido livro na área. Este comprometimento advém, segundo de Mello, da participação cada vez maior de pesquisadores nacionais em fóruns de tribologia como o congresso bianual Wear of Materials com contribuições técnicas de qualidade.

A realização do congresso associada à publicação de um número especial da revista WEAR com os melhores trabalhos do congresso deve atrair grande número de pesquisadores do Brasil e da América Latina impulsionando o desenvolvimento e a organização da tribologia por aqui.

A participação do nosso Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies, o INES, no congresso de 2010 deverá ser expressiva uma vez que parte significativa dos revestimentos desenvolvidos por nossos pesquisadores destina-se a reduzir o coeficiente de atrito ou fornecer proteção contra desgaste prematuro de componentes.

Amilton Sinatora

Anúncios

Tribologia brasileira no cenário mundial – 2

05/08/2009

No  64o Congresso Anual da ABM realizado em Belo Horizonte de 12 a 17 de julho passado, além da constituição de uma  divisão técnica de tribologia na Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais (ABM) e da realizar um grande congresso internacional de tribologia em dezembro de 2010 foram divulgadas duas outras notícias significativas.

A primeira, foi a participação do Prof. José Daniel Biasoli de Mello no comitê organizador da 18a Conferência Internacional Wear of Materials. Este evento, realizado a cada dois anos, desde 1975, é o maior e mais expressivo congresso internacional de desgaste. Integrar o comitê organizador é um reconhecimento ao pesquisador, responsável pelo desenvolvimento da abordagem estruturada da tribologia no Brasil. Ao mesmo tempo esta nomeação expressa a crescente participação brasileira neste evento.

A segunda, foi a da outorga do Ken Ludema Award, pelo segundo lugar entre os trabalhos científicos, à contribuição “The influence of the hardness of the harder body on the wear regime transition in a sliding pair of steels” de autoria do engenheiro e estudante do programa de pós-graduação em engenharia mecânica Cristian Viafra Arango e deste que escreve.

Passo a passo vamos criando um caminho bem pavimentado cientificamente que nos leve a ganhos sociais, ambientais e econômicos significativos.

foto post 5 sinatora

foto do encontro da ABM em Belo Horizonte

Amilton Sinatora