O PNAD de 2008 e o desgaste de moedas de ouro

A  participação do trabalho na renda despencou de 50% em 1980 para 39,1% em 2005. Em resumo, cresceu em dez pontos percentuais a participação dos juros, dos lucro e dos aluguéis de imóveis na renda nacional e despencou do mesmo tanto a participação dos salários.
Se os salários perderam participação na renda nacional devido a criação de muitas novas empresas talvez tudo bem. Melhor ainda se estas pequenas empresas forem de alta tecnologia. Se a perda de participação dos salários dever-se a concentração de empresas e ao aumento dos lucros o quadro pode não ser tão bom para o futuro da pesquisa no país. Isto por que os grandes pacotes tecnológicos ainda estão acima da capacidade da nossa estrutura de P & D.
No caso de a perda de participação dos salários ter se devido ao aumento da participação dos juros, podemos antever grandes dificuldades para o trabalho de pesquisa em tribologia. Afinal, o único estudo tribológico que interessa a bancos é o desgaste de moedas de ouro como o feito na Inglaterra em 1798 por Sir Henry Cavendish para explicar o misterioso ?encolhimento? das moedas do reino.
Os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) trazem bons ou maus resultados dependendo de como são analisados. Permitem também uma breve reflexão sobre nosso país-continente e sobre as dificuldades que temos para fazer pesquisa.
O índice de Gini, que mede a desigualdade de renda, caiu de 0,567 em 1998 para 0,515 em 2008. Estamos melhor que El Salvador com 0,524 (2002) e pior que o Zâmbia que tinha 0,508 (2004). Para comparar, a Argentina tem 0,490 (2007), os Estados Unidos 0,450 (2007) e a Espanha 0,320 (2005).  Se os efeitos da crise não prejudicarem nosso progresso deveremos superar Zâmbia em um ou dois anos!
A  participação do trabalho na renda despencou de 50% em 1980 para 39,1% em 2005. Em resumo, cresceu em dez pontos percentuais a participação dos juros, dos lucros e dos aluguéis de imóveis na renda nacional e despencou do mesmo tanto a participação dos salários.
Se os salários perderam participação na renda nacional devido à criação de muitas novas empresas, talvez tudo bem. Melhor ainda se estas pequenas empresas forem de alta tecnologia. Se a perda de participação dos salários dever-se à concentração de empresas e ao aumento dos lucros, o quadro pode não ser tão bom para o futuro da pesquisa no país. Isto porque os grandes pacotes tecnológicos ainda estão acima da capacidade da nossa estrutura de P & D.
No caso de a perda de participação dos salários ter se devido ao aumento da participação dos juros, podemos antever grandes dificuldades para o trabalho de pesquisa em tribologia. Afinal, o único estudo tribológico que interessa a bancos é o desgaste de moedas de ouro como o feito na Inglaterra em 1798 por Sir Henry Cavendish para explicar o misterioso “encolhimento” das moedas do reino.
Amilton Sinatora

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: