Tribologia brasileira no cenário mundial – 2

No  64o Congresso Anual da ABM realizado em Belo Horizonte de 12 a 17 de julho passado, além da constituição de uma  divisão técnica de tribologia na Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais (ABM) e da realizar um grande congresso internacional de tribologia em dezembro de 2010 foram divulgadas duas outras notícias significativas.

A primeira, foi a participação do Prof. José Daniel Biasoli de Mello no comitê organizador da 18a Conferência Internacional Wear of Materials. Este evento, realizado a cada dois anos, desde 1975, é o maior e mais expressivo congresso internacional de desgaste. Integrar o comitê organizador é um reconhecimento ao pesquisador, responsável pelo desenvolvimento da abordagem estruturada da tribologia no Brasil. Ao mesmo tempo esta nomeação expressa a crescente participação brasileira neste evento.

A segunda, foi a da outorga do Ken Ludema Award, pelo segundo lugar entre os trabalhos científicos, à contribuição “The influence of the hardness of the harder body on the wear regime transition in a sliding pair of steels” de autoria do engenheiro e estudante do programa de pós-graduação em engenharia mecânica Cristian Viafra Arango e deste que escreve.

Passo a passo vamos criando um caminho bem pavimentado cientificamente que nos leve a ganhos sociais, ambientais e econômicos significativos.

foto post 5 sinatora

foto do encontro da ABM em Belo Horizonte

Amilton Sinatora

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: